segunda-feira, 13 de julho de 2009

Coração de Mãe

Abro a porta de casa e pergunto se está alguém, percebo-me que estou completamente sozinha.
Vou na direcção do meu quarto e ponho a música no volume máximo. Sinto a música e atiro-me para a cama. Aos poucos vou sentindo-me sufocada ao ponto de os meus olhos demonstrarem tal sufocação e dou por mim a gritar ao mesmo tempo que chorava. A única certeza deste momento foi que estava completamente fora de mim!
Ups! Perdi-me nas horas e são horas de a casa voltar a estar cheia. Quando dou por mim tinha uma mãe assustada ao meu lado que apenas fazia perguntas ao qual não optia respostas, eu apenas mantia-me imóvel. A certa altura soltaram da minha boca palavras como: "Mãe estou cansada de viver...". Não imagino como é para uma mãe ouvir a sua filha a recusar viver, mesmo assim enchendo-se de coragem olhou-me nos olhos e disse: "Minha filha ergue-me essa cabeça, tens tanto para mostrar a este mundo. Não faças mal a ti, nem a nós que gostamos muito de ti". Fiquei pálida!
A minha mãe estendeu-me a sua mão e peguei-a com força. Caminhámos as duas de mãos dadas para apagar a música e segui-a...

Elo.

6 comentários:

  1. Este texto amor... Diz tanto !
    A tua mãe tem toda a razao; a vida prega nos partidas (muitas se quisermos ser mais específicos) mas a força de lutar contra os obstáculos não nasce sozinha.
    Por vezes é preciso uma voz surgir para nos aperceber-mos que temos essa força.
    Ainda bem que as mães existem não é ? Facilitam o "trabalho" =P
    Sabes que és uma mulher linda e tens tudo para ser feliz, basta lutares e nunca desistir =D
    Tens todo o meu apoio linda ! Eu sei que és capaz !
    Eu sei que é dificil ter uma prespectiva positiva de tudo (oh, eu bem sei !) mas se desistirmos sentirmo-no-iamos muito mais inuteis (coisa que ninguem é... ou pelo menos tu não és, e isso é que interessa aqui !).

    amo-te minha sereia !

    ResponderExcluir
  2. Tão nova e a querer desistir da vida? Neem pensar.
    Achei que o texto está bem sentimental :)
    um beijo *

    ResponderExcluir
  3. quero sentir-te perto de mim . e quero tirar-te essa dor , de ti .

    ResponderExcluir
  4. Débora e tenho a certeza que conseguirás :)

    Elo.

    ResponderExcluir
  5. Quase me vieram as lágrimas aos olhos ao ler este texto... Escreves muito bem, e acima de tudo, expressas-te de uma forma tão forte e ao mesmo tempo tão suave...
    Força para vida, estou a torcer por ti, como a tua mãe e como muito mais gente, acredito!
    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  6. Muito obrigada Anônimo :)
    Beijinho.

    Elo.

    ResponderExcluir