domingo, 16 de agosto de 2009

Eu tentei


Peço-te que me dês balanço, enquanto estou na espreguiçadeira. Tu tens tanto receio que a força seja demasiada ao ponto de eu tombar e magoar-me, então vais-me dando balanço ao ritmo do tempo que este é muito lento.
Reparas no brilho dos meus olhos de estar ali e no meu sorriso inofensivo e discreto que vou mostrando à medida que sinto-me cada vez mais à vontade.
Digo-te que quero partilhar a espreguiçadeira contigo, mas tu rejeitas o meu pedido e continuas a dar balanço, mas desta vez nem olhas-me. Mantens sempre a cabeça baixa.
Amanhã talvez exprimente sentar-me no buff e pedir-te para mexeres no meu cabelo...

Elo.

5 comentários:

  1. gosto da maneira como escreves, é simples e bonita.

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. doi nao doi? pois doi. mas eu vou ser forte :)
    obrigada, beijinho pipoquento *

    ResponderExcluir