sábado, 6 de novembro de 2010

4 de Novembro


O sol brilha como nunca brilhou.
A vida tem sentido como à muito tempo não tinha.
Hoje qualquer música é boa para dançar.
E eu amo e sou amada tal como precisava.
Mereço? Compete a ti, meu amor.

Elo.

2 comentários: