quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Efemeridade


Tudo o que sinto hoje, amanhã parecerá leve. Porque a direcção do vento muda e, sem querer, eu também. Torno a (minha) ingenuidade, naquilo que tu és. Naquilo que nem sei como se chama.
Mas, só dura um dia. Como vês, não dura muito tempo. Sabes porquê? Porque por mais teorias, na prática somos sempre os mesmos - nós próprios.
Mesmo assim, continuo a desejar ter a capacidade de desligar-me no momento certo, de modo a não ficar em pedacinhos. Tais pedacinhos, que me tiram o sono como hoje. Gostava mesmo que certas atitudes (tuas) não me afectassem tanto como me afectam. Mas, tudo é efémero e o estado "off", certamente, não iria durar muito tempo (como nós).

Elo

2 comentários:

  1. olá "pedacinhos"! O meu nome é cola super 3 ;)
    amo-te <3

    ResponderExcluir
  2. Finalmente de volta! Bem-vinda! Gostei da mudança do teu cantinho. Beijinho!

    ResponderExcluir